prasparedes!


Já disse uma vez o querido Vinicius Valente: ter um blog é contar pras pessoas aquilo que elas não querem saber! Por mais óbvio que isso possa parecer, eu nunca tinha pensado nisso, desta forma tão clara! Pura verdade, especialmente quando a gente fala dos blogs pessoais, que, por não terem um tema bem definido, variam com a cabeça e o momento dos autores!

Também não é à toa aquela velha analogia blogs X garrafas jogadas ao mar... Depois de lançadas é raro que se tenha notícias delas: onde foram parar, se foram encontradas, se alguém leu a mensagem! Não há como prever por quanto tempo a msg ficaria à deriva, ou se seria engolida por uma baleia, (pobre baleia!) enfim... Já que nosso "mar" é a internet, esse tempo pode ser infinito e nossa mensagem pode permanecer para sempre, perdida, ignorada, mas pronta para ser descoberta a qualquer momento e, aí sim, justificar a sua existência e o esforço de quem a criou.

Por isso, blogar é um ato de coragem, desprendimento e de esperança infinitos. É coisa pra otimista, ou doido... Ou vc teria mesmo uma conversa com as paredes?

Mensagens engarrafadas quando encontradas viram notícia! Coisa rara mas possível, como aconteceu na Irlanda. No caso dos blogs, quando a msg é lida e compreendida, mesmo que em parte, tende a "virar" comentário, o maior sucesso e a maior alegria de um blogueiro amador!

Daqui a pouco, quando o relógio alcançar a 00:00 e iniciar o feriado de 15 de Novembro, este blog completa 4 anos! 

Neste tempo, superou a marca dos 12 mil visitantes (nº infimo se considerarmos o tamanho da blogosfera, mas surpreendente pra um blog despretensioso). Comentários? 722, a maioria de amigos blogueiros, tesouros preciosos encontrados no fundo deste mar! Posts? Puxa, confesso que não sei! Meu amadorismo ainda não me permitiu um modo de saber isso!!! 

E como a data é especial, deixo aqui meu agradecimento e incentivo a todos os blogueiros e leitores que já passaram por aqui!

A mensagem do dia é: 

Para os leitores ou visitantes: que continuem a visitar seus blogs favoritos e a procurar novos blogs pra conhecer, reciclar e trocar ideias... Afinal de contas, é esta dobradinha inseparável blogueiro-leitor que garante que a blogosfera seja tão variada e infinitamente interessante.

Para os generosos/corajosos que deixaram seu comentário: obrigada por cada "pitadinha de fermento" que vcs deixaram aqui! São vcs que fazem a alegria desta "padaria"! Vc, visitante, se tiver algo a acrescentar ou mesmo discordar, aqui ou em qualquer outro blog: tenha coragem e saia do anonimato se tiver vontade. Arrisque um palpite! Todos ganharão com isto!

Para os blogueiros, que "suam" pra blogar no seu pouco tempo disponível: comemorem cada texto que puderem postar, não esperem uma data especial! E não desanimem se às vezes parecem mesmo estar falando pras paredes! Afinal, até poetas e cantores talentosos se sentem assim!



Bjs e haja parede pra nós!

 

 


Share

 
 

Passos, pernas e ditados

 


Ontem  lembrei de um conselho bem corriqueiro no meu tempo de criança: "não se deve dar o passo maior que as pernas".

Isso significava que não se deveria assumir responsabilidades maiores do que nossa capacidade, especialmente a financeira... $ábio conselho!

 

Mas aquilo que sempre pareceu mera "figura de linguagem" adquiriu um caráter literal: nunca, nunca mesmo deveríamos dar o passo maior que as pernas, sob pena de... sofrer com uma bursite e tendinose no quadril! Que coisa chata, dolorida e limitante... 

Até parece absurdo imaginar que alguém possa mesmo dar um passo maior que a perna, mas, acreditem, foi exatamente isso que eu fiz!

Em setembro, participei de uma caminhada em Morro Reuter/RS, pela segunda vez fazendo o mesmo percurso. Já sabendo que seria meio "puxado", pensei assim: "caminhada longa (15 km) e ainda com subidas... Pra cansar menos e render mais vou dar passadas maiores pra percorrer o trecho com menos esforço."

 


Imagem da internet

E assim foi; fiz a caminhada "na boa", por quase 3h30 min, e me senti muito bem ao terminar. O único efeito colateral foi uma fome voraz!

Mas... 2 dias depois, apareceu aquela clássica dorzinha de quem exagera no exercício... Nem me preocupei...

Só que a dorzinha nunca mais sumiu e foi piorando... Até ficar quase insuportável...

Resultado: consultas, muita espera, exames, mais espera, encaminhamento para fisioterapia e indicação de repouso compulsório: sem academia, sem natação, sem dança...

Caminhar pra ver o por-do-sol, tomar um ar e esfriar a cabeça? Nem pensar: tenho que me contentar com as janelas...

Passear na Feira do Livro? Infelizmente ainda não pude! Limitada e sem perspectiva... Por quase 15 dias, enquanto aguardava a consulta com o fisiatra!!! Acabei ganhando uns "quilinhos" por conta deste "cárcere"...

Agora que felizmente já consultei (pra minha alegria o médico é ótimo), as recomendações são: 


 

  • não usar escadas - a não ser que não haja elevador, esteira, colo, guindaste...
  • não ficar sentada por mais de 45 min... Se for preciso, levantar e caminhar por 2-3 minutinhos...
  • fazer compressas de gelo 3x ao dia, por, pelo menos 15 minutos;
  • fisioterapia (muita); caminhar apenas o necessário... 
  • musculação? somente braços, (vou cuidar pra não ficar como o Popeye!), abdominal e alongamento...
  • natação? Ah, que bom, Riso esta sim foi liberada, e já retomei hoje, bem de leve, com o professor controlando...

 

Mas o porquê da "ladainha"?  Pra compartilhar a minha "burrice tática", e para que saibam que nunca, nunca mesmo deveríamos dar o passo maior que as pernas!!!

Como diz outro velho ditado: "de boas intenções o inferno está cheio"... e os consultórios médicos também...


Bjs e até!

 

 


Share

 
 

O Dia dos Mortos

 

 

Imagem da internet


Nosso calendário oficial é cheio de datas marcantes, algumas bem festivas, outras nem tanto... É o caso do Dia de Finados. Feriado nacional, envolve todo o mundo, seja unicamente pela folga em si, ou por fazer com que as pessoas se voltem, fisicamente ou em pensamento, para homenagear os que já morreram!

Eu, que detesto cemitérios, só frequento estes locais por solidariedade ou pra me despedir de quem se foi... E não volto mais. Não visito nem enfeito túmulos como faz boa parte das pessoas num dia como hoje.  A lembrança das pessoas queridas que já morreram  estão comigo sempre e eles estão bem vivinhos e alegres na minha memoria!

Há pessoas que não se abalam nestes locais , e até os que praticam o “turismo cemiterial” vinculado à história e arte existente nestes locais... Quanto a mim, podem me chamar de ignorante, pois este tipo de lazer está descartado das minhas opções... Não me agrada nem um pouco...

Não que eu tenha medo, não tenho não! Aliás, já morei numa rua bem ao lado dos principais cemitérios da cidade. Curiosamente o nome da rua é Saudável e imagino o porquê!!!  Afinal, enquanto a vizinhança se mantiver com saúde não vai passar para o outro lado dos muros das indesejáveis moradias.

Mas no México, a data de finados é bem diferente!  De acordo com a Wikipedia  (o “amansa-burro” dos internautas), uma das festas mexicanas mais animadas ocorre justamente nesta época. Diz a tradição que nesta data os mortos vêm visitar seus parentes, por isso o período é celebrado com comida, festa e muita  música.  Gostaria de ver isso de perto, talvez passasse a ver esta data com outra “vibe”.

E pra vc, esta data lhe incomoda, lhe traz paz? Ou é apenas mais um feriadão?

Em viagem, vc costuma visitar os cemitérios locais como parte do Turismo Cultural?   

Conta pra gente!

Bjs e até!

PS: Vejam que bela matéria sobre o Dia de los muertos aqui! 

 

 


Share

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, Mulher
    Visitante número:



     






    Na fila...


    from gifmania



    PÃO PRA QUEM PRECISA!







    CONTROLE DE QUALIDADE


    UOL


    GOSTOU? DIVULGUE!














    PROVEI E GOSTEI!


    TERTULIA VIRTUAL





    OUTRAS DELÍCIAS!


    Arruma Blog


    Blog do Rafa



    Arruma Blog









    OBRAS JURÍDICAS?





    www.flickr.com
    Esse é um módulo do Flickr que mostra fotos e vídeos públicos de Carla Bacedo. Faça seu próprio módulo aqui.






    Carla Bacedo

    Criar seu atalho



    SEU COMENTÁRIO É O MELHOR FERMENTO!




    Na gerência





    A Clientela







    APROVADO!




    Central Blogs


    BlogBlogs.Com.Br


    Divulgue seu blog!
    Meu código:3870


    Technorati Profile


    Add to Technorati Favorites






    Ver!